quinta-feira, 12 de julho de 2012

IGREJA PRESBITERIANA DA INGLATERRA (UNITED REFORMED CHURCH) APROVA UNIÕES DE CASAIS GAY


A Igreja Reformada Unida votou para permitir que as igrejas locais para decidir se eles querem permitir uniões civis a ser registrado em seus prédios.

A mudança foi definida em uma resolução aprovada pela Assembléia Geral da URC de no fim de semana e tendo efeito imediato.

"Ao tomar esta decisão, o URC tornou-se a denominação popular cristã, para permitir que parceiros do mesmo sexo para registrar sua parceria civil na igreja," a Igreja disse em um briefing Assembléia.

A resolução significa que as igrejas reformadas em todo Unidos Inglaterra e País de Gales estará livre para permitir que as formalidades legais, bem como a cerimônia religiosa que terá lugar em seus edifícios.

Igrejas que se decidir dar esse passo terá de pedir aos seus administradores a aplicar-se o registrador superintendente da autarquia para tornar-se registrado como um local aprovado.

O Governo aprovou uma lei em dezembro passado, permitindo cerimônias de parceria civil a ser realizada em locais de culto.

A Igreja da Inglaterra declarou que não vai permitir uniões civis a ter lugar em suas igrejas, enquanto os líderes da Igreja Católica Romana têm desprezado o Governo sobre a sua política de parcerias civis e casamento gay.

A URC junta os quakers, unitaristas e Progressive sinagogas judias em abraçar pessoas do mesmo sexo civil.

A URC Assembléia Geral também via a Igreja prêmio projetos de ação comunitária. Os 2012 Project Awards comunitárias foram co-patrocinado pela seguradora Congregacional & Geral e foi para um centro de juventude em Bradford, um projecto com sede em Edimburgo apoio à integração dentro da comunidade LGBT, um projeto da comunidade em Sheffield, e projeto de apoio às famílias em Southampton.

A Igreja também pediu ao Conselho Missão para enfrentar o declínio nos adultos entre as idades de 20 e 40 que frequentam igrejas URC.


Um comentário:

Marcelo Lemos disse...

Parabéns pelo blog, Bruno! Tomei a liberdade de colocá-lo em minha lista de links.

Graça e paz!