domingo, 20 de dezembro de 2009

VISITAÇÃO DE MARIA A ISABEL


20/12/2009 – 4º Domingo do Advento

São Lucas 1: 39-49(50-56)

Meus irmãos e minhas irmãs a leitura de hoje nos deixa mais próximo do nascimento mais importante da história da humanidade; O Nascimento de Jesus. Sendo assim nos aproximamos do Natal estamos na última semana do advento prestes a comemorar o nascimento do Salvador do mundo.

São Lucas é para mim o livro mais bonito em relação aos outros evangelhos pois esse livro vai desde antes Jesus nascer. Por exemplo só encontramos em São Lucas a história de Zacarias e Isabel, as predições referentes a São João Batista, a visita de Maria a Isabel, o cântico da Bem-Aventurada Virgem Maria, o Nascimento de São João Batista e vários outros relatos.

A leitura de hoje nos fala a respeito da visita da Bem-Aventurada Virgem Maria a Isabel e também nos fala a respeito do Magnificat (o cântico de Maria). A visita mais importante que Isabel poderia receber era a visita de um ser que ainda estava para nascer, um ser ainda no ventre de sua mãe, a visita de Jesus. Assim que Maria entra na casa de Zacarias o bêbê que Isabel carregava em seu ventre se mexeu.

Nesse momento o Espírito Santo capacitou Isabel para que ela podesse interpretar o movimento que a criança fez em seu ventre como um pulo de alegria pela visita da mãe do Senhor. Isabel ficou tão emocionada com esse momento que falou inspirada pelo Espírito Santo: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito o fruto do teu ventre!”. Nesse caso Maria era bendita por isso a visita de Maria era importante. Mas a criança que se mexeu no ventre de Isabel não por causa da visita de Maria e sim a visita de quem Maria estava carregando no seu ventre.

Isabel falou para Maria que assim que ela chegou em sua casa e a saudou a criança que ela carregava no seu ventre estremeceu de alegria. Realmente quando temos a visita de Cristo estremecemos de alegria, pois é uma visita sem igual, é uma visita que todos nós cristãos temos quando nos enteregamos por completo a Ele.

Depois disso Isabel disse que Maria era bendita pois creu no que o Espírito Santo tinha dito a ela, e que sendo assim se cumpriria as palavras que lhes foram ditas da parte do Senhor.

Por fim São Lucas nos mostra o Magnificat, ou seja, o cântico de Maria. Esse cântico de louvor, manifesta a preocupação de Deus com os humildes e fracos, bem como a rejeição aos orgulhosos. Observemos que Maria utiliza palavras semelhantes a de Ana em 1Sm 2.1-10. Incluir essa canção logo no início do seu relato foi uma das maneiras que São Lucas usou para compor o seu Evangelho seguindo o padrão de 1 e 2Sm.

“Ó Deus onipotente, purifica a nossa consciência com a tua visitação diária, para que o teu filho Jesus Cristo, na sua vinda em glória, encontre em nós a morada preparada para Si; o qual vive e reina contigo, na unidade do Espírito Santo, um só Deus, agora e sempre. Amém” (Loc, pág 112)



Paz e Bem

Sem. Bruno Leandro

Nenhum comentário: