quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

O APÓSTOLO VALDEMIRO E A AUSÊNCIA DE CARACTERÍSTICAS BÍBLICAS APOSTOLARES


video

Por Júnior Rubira

O que vemos neste vídeo é extremamente lamentável!
Aparentemente uma irmã reclama de ter sido maltratada por um obreiro da Igreja Mundial do Poder de Deus, faz uma queixa durante o culto momentos antes da ministração da Palavra e a reacção do auto-intitulado apóstolo demonstra uma postura nada condizente com a de um verdadeiro apóstolo de Jesus Cristo a exemplo das Escrituras.

A irmã afirma que o irmão Valdemiro Santiago não cuida de suas ovelhas e a partir deste momento começa uma discussão ao vivo, ele ridiculariza a irmã dizendo que deve ter sido frustrada em sua antiga denominação (uma postura bem exclusivista) e ao tentar responder, a irmã recebe UMA ORDEM: "Fica quieta e me ouve, eu tô dando uma ordem!! Tô dando ordem!!!

Ao receber uma ameaça de processo ele afirma que ela pode procurar um advogado, diz que Jesus cuidava das ovelhas através de 12 (e não pessoalmente) e que não poderia pagar pelo erro de um obreiro, como a irmã continuou a debater ele a ameaçou de expulsá-la do culto na IMPD, aparentemente esta irmã foi retirada do culto (ou abandonou a reunião), debaixo de vaias e gritos de "Sai endemoninhada!!!" além de um comentário do apóstolo de "satanás sempre manda alguém!" e também "sou um sujeito tão pequeno mas Deus tem um ciúme de mim".

Infelizmente toda esta cena ocorreu em um chamado "culto" que deveria ser de expressão de louvor ao Senhor, e expressão de comunhão e caráter cristão na igreja de Deus, esta contenda ao vivo na televisão só demonstrou o despreparo deste líder em agir como Jesus e a presença das obras da carne no meio da congregação, pois iras, pelejas, inimizades e dissenssões não provém de Deus ( Gl 5.19, 20 e 21)

A irmã poderia ter tentado procurar o apóstolo em particular, ou se queixado a outro auxiliar, ou ainda tentar entrar em contato com a liderança da igreja por outros meios que não fossem apenas o falar pessoalmente, desta forma não teria ela interrompido o culto, evitando tal situação, embora eu não saiba exatamente o que ocorreu, ela deveria ter tentado resolver sem expor o problema desta forma. Mas também posso entender que se não houve formas de ser bem tratada não poderia ela protestar senão daquela forma, isso não pode ser excluído.

Certa ou não, o que me assusta ao assistir este vídeo é a postura do apóstolo Valdemiro, que agiu com muita falta de educação e insensibilidade para com aquela irmã, ridicularizando-a publicamente e aos berros praticamente mandando irmã calar a boca, isto é um absurdo! Onde está o autocontrole? A temperança? A longanimidade? A mansidão? A humildade? (Gl 5.22, 23; Mt 11.29; Rm 12.16, 18 e 21)
Nenhum apóstolo citado nas Escrituras agia com tamanha arrogância e abuso de autoridade, a Bíblia afirma que um líder não deve agir como o dominador do rebanho (1 Pe 5.1-3), na verdade o cristão deve andar como o Mestre andou (1 Jo 2.6) e Jesus era amoroso para com suas ovelhas e tratava-as com respeito, cuidando inúmeras vezes de casos específicos que seus discípulos (leia-se obreiros) não poderiam tratar (Mt 9.36; 14.14; Mc 1.41; 5.19; 6.34; Lc 7.13; Jo 11.17), e ensinando-os a imitarem o que Ele fazia, de forma que seus obreiros tinham que ter uma boa conduta para com o povo, e quando erravam sempre eram repreendidos e não acobertados em suas falhas (Mt 19.13, 14; Mc 9.38, 39; Lc 9.49, 50; 18.15-17).

A atitude deste apóstolo ameaçando retirar a irmã do culto como se a igreja fosse dele foi repudiável, a igreja é do CABEÇA (Ef 5.23), ela é um corpo, e nenhum membro pode desprezar o outro, pois todos são dependentes uns dos outros, não há membro mais importante, seja apóstolo ou simples fiel (1 Co 12.12-27, com ênfase no versículo 21), ninguém tem autoridade para expulsar uma pessoa do culto, pois o culto é dEle, por Ele e para Ele (Rm 11.36), nenhum membro do corpo pode ser lançado fora e nenhum apóstolo jamais expulsou alguém do culto, nem mesmo Jesus Cristo o fez, ainda que sempre confrontado pelos fariseus que compareciam em suas pregações, repondia com sabedoria e autoridade escriturística e não com falta de educação.

É lamentável que este pregador tenha incentivado vaias e gritos de ofensas contra esta irmã sem sequer ter repreendido a quem gritava, chamando-a de emissária de satanás, o povo como sempre alienado e idólatra agiu com fúria e ódio contra aquela irmã, com a velha "teologia do não-toque-no-ungido", quando na verdade a Palavra de Deus recomenda outra posição:

"Irmãos, se alguém for surpreendido nalguma falta, vós, que sois espirituais, corrigi-o com espírito de brandura; e guarda-te para que não sejas também tentado." (Gl 6.1)

Isto se é que esta irmã de fato falhou, pois desconhecemos por completo o contexto do ocorrido, mas independentemente da falha ou não na atitude desta membra, a postura do apóstolo foi antíbíblica e inaceitável pelos padrões das Escrituras a respeito de um líder cristão. Ao afirmar que Deus tinha ciúme dele o irmão Valdemiro se esquece que Deus é zeloso de todos nós, resiste aos soberbos e atenta dando graça ao humilde:

"Ou supondes que em vão afirma a Escritura: É com ciúme que por nós anseia o Espírito, que ele fez habitar em nós?

Antes, ele dá maior graça; pelo que diz: Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes." (Tg 4.5-6)

No temor do Senhor, intercedendo pelo Corpo Universal e Invisível de Cristo,

Júnior Rubira.

Fonte: [ Espada do Espírito ]

Nenhum comentário: