quarta-feira, 3 de março de 2010

03 de Março de 2010 - John e Charles Wesley, Presbíteros, 1791, 1788

John (esquerda) e Charles Wesley


Jonh Wesley


Filho de Samuel e Suzana Wesley, família de ministros anglicanos, nasceu a 17 de junho de 1703, em Epworth (Inglaterra).

Suzana Wesley começou a alfabetizar o John aos cinco anos de idade, usando o livro dos Salmos como apostila. Ainda na infância Jonh Wesley escapou da morte em um incêndio que destruiu toda sua casa, onde estivera preso no segundo andar.

Jonh Wesley iniciou seus estudos pastorais em Oxford onde inicia a se reunir com um grupo de estudantes para meditação bíblica e oração, sendo conhecidos pelos colegas universitários de "Clube Santo".

Neste grupo Wesley e seu irmão Carlos iniciaram a visitar e evangelizar os presídios. Wesley passou então a se interessar mais pela questão social de seu país e a miséria que a Inglaterra vivia na época.

Um dos episódios que marcou o início do metodismo foi viagem missionária de Jonh Wesley à Virginia nos EUA para "evangelizar os índios" tendo praticamente fracassado. Em sua viagem de retorno Jonh Wesley expressa sua frustração "fui à América evangelizar os índios, mas quem me converterá?". Nesta ocasião entrou em contato com os Irmãos Morávios, grupo de cristãos pietistas que buscavam a conversão pessoal mediante o Espírito Santo.

Sua pregação era feita mais ao ar livre. Era um pregador itinerante, tendo restrições da Igreja Anglicana, pelo seu rigor na busca pela santidade. Pregou milhares de sermões de profundo impacto.

Hoje, além dos seguidores do Metodismo, a vida de muitos são influenciada pela missão de Wesley. Movimentos posteriores como o Movimento de Santidade e o Pentecostalismo devem muito a ele. A insistência wesleyana da busca da santificação pessoal e social contribuem significativamente para a ideologia da busca de uma vida e mundo melhor. Faleceu a 22 de março de 1791, em Londres, Inglaterra

Origem: Livre interpretação e adaptação de texto da Wikipédia, a enciclopédia livre



Charles Wesley

(1707 – 29 de março de 1788) foi o líder do movimento metodista juntamente com seu irmão mais velho John Wesley. Charles é mais lembrado pelos muitos hinos que compôs.

Assim como seu irmão, ele nasceu em Epworth, Lincolnshire, Inglaterra, onde seu pai era pastor. Ele foi educado na Christ Church College, em Oxford, e formou o grupo "Metodistas de Oxford" entre seus companheiros de escola em 1729. Charles seguiu os passos de seu pai e seu irmão ordenando-se em 1735 e viajando com John para Geórgia, Estados Unidos, na comitiva do governador James Oglethorpe, retornando um ano depois. Em 1749, Charles casou-se com a jovem Sarah Gwynne, filha de um galês que havia se convertido ao metodismo. Ela acompanhou os dois irmãos em suas jornadas evangelizadoras pela Inglaterra, até que Charles parou de viajar em 1765.

Apesar de serem muito próximos, Charles e seu irmão nem sempre concordavam com as questões relativas à fé. Em particular, Charles opunha-se fortemente à idéia de uma ruptura com a Igreja da Inglaterra, pela qual eles haviam sido ordenados.

Como resultado de suas composições, a Gospel Music Association estadunidense, em reconhecimento à suas contribuições para a música gospel, incluiu Charles Wesley no Hall da Fama da Música Gospel em 1995.

Origem: Livre interpretação e adaptação de texto da Wikipédia, a enciclopédia livre.


Nenhum comentário: