sábado, 17 de abril de 2010

IGREJA RENASCER EM CRISTO SOB SUSPEITA DE COMPRAR LAUDOS DE PERITOS


O Ministério Público e a Corregedoria-Geral da Polícia Civil investigam pelo menos quatro peritos do Instituto de Criminalística (IC) de São Paulo suspeitos de vender laudos

Por Rodrigo Ribeiro Rodrigues

A Folha de S. Paulo publicou nesta semana uma matéria que o Ministério Público e a Corregedoria-Geral da Polícia Civil investigam pelo menos quatro peritos do Instituto de Criminalística (IC) de São Paulo suspeitos de vender laudos que beneficiariam o Consórcio Via Amarela, responsável pela construção de uma linha do Metrô, e a Igreja Renascer em Cristo, onde o teto do templo no Cambuci caiu, em janeiro de 2009, causando 9 mortes.

Ao menos quatro peritos do IC (Instituto de Criminalística) de São Paulo estão sendo investigados pela suspeita de fraude em laudos que beneficiariam o Consórcio Via Amarela, que constrói uma linha do metrô, e a Igreja Renascer em Cristo.

As investigações são conduzidas pelo Ministério Público do Estado e pela Corregedoria-Geral da Polícia Civil e surgiram depois que o Gaeco (grupo especial do Ministério Público de combate ao crime organizado) identificou incongruências nas conclusões feitas pelos peritos no caso do metrô.

Nem a Promotoria nem a Corregedoria da Polícia Civil deram detalhes da investigação sob o argumento de que a divulgação poderá prejudicar a apuração dos casos.

As suspeitas apontam que laudos reduziriam a responsabilidade do consórcio pelo acidente na obra do Metrô em Pinheiros, que deixou sete mortos em janeiro de 2007, e da Renascer, em razão da queda do teto do templo no Cambuci, onde nove pessoas morreram e centenas ficaram feridas em janeiro do ano passado. As informações são da Folha de S.Paulo

Assessoria da Igreja Renascer em Cristo responde

Após tomar conhecimento da matéria da Folha de S.Paulo, o Portal O GalileO entrou em contato com a assessoria de imprensa da Renascer em Cristo para obter o parecer da Igreja.

Foram estas as palavras da assessoria: "A Igreja Apostólica Renascer em Cristo não tem qualquer informação sobre este tema que você (O GalileO) nos trouxe. Não há condições, portanto, de se manifestar sobre ele... se por um acaso formos publicar algo encaminharemos a vocês".

Fonte: O Galileu

Nenhum comentário: