quinta-feira, 29 de julho de 2010

29 de Julho de 2010 - Maria e Marta de Betânia


Maria, irmã de Marta ou Maria de Betânia, a única referência sinóptica acha-se em Lucas 10:38-42 - e pelo que aí se lê parece que Marta era a dona da casa numa certa povoação. A sua irmã, Maria, tendo segundo parece, a sua parte nas hospitaleiras preparações, ficava assentada aos pés do Jesus Cristo a ouvir-lhe os ensinamentos deixando Marta sobrecarregada com o trabalho. Marta queixa-se, então, e Jesus lhe responde ternamente. É o quarto evangelho que nos diz viverem estas mulheres em Betânia, relacionando Lázaro com elas, e nos mostra que esses três membros da casa eram estimados amigos de Jesus. As partes desempenhadas por Marta e Maria, no facto da morte e ressurreição de Lázaro (João 11:1-46), estão em notável concordância com o que delas afirma Lucas no Cap. 10.

Maria de Betânia, irmã de Marta, que ungiu com óleo os pés de Jesus 6 dias antes da Páscoa de 33 d.C.. (João 12:3) João também atribui a esta Maria o acto narrado por Mateus (Cap. 26) e Marcos (Cap. 14). Ele, segundo alguns autores, procura descrever o acto como um impulso de gratidão pela volta de Lázaro a sua casa. (João 11:2 a 12:1,2)

Notas:

(1) Betânia ou Bethânia era originalmente uma aldeia em Israel antiga, localizada próximo de Jerusalém. É mencionada diversas vezes (doze, mais exactamente) na Bíblia, como tendo sido visitada por Jesus Cristo. Deu origem a nomes de diversas localidades em todo o mundo, de acordo com as variantes em cada idioma, por exemplo, Bethany [1] em inglês. Originou igualmente o nome feminino Betânia, pois era onde morava a irmã de Lázaro, Maria de Betânia.

(2) Lázaro é uma personagem bíblica descrita no Evangelho segundo João como um amigo de Jesus teria ressuscitado, irmão de Marta e de Maria. Seu nome provavelmente do grego corresponde ao hebraico Eleazar (אלעזר), e significa literalmente "Deus ajudou".

De acordo com tradição católica, o Lázaro ressuscitado teria se dirigido à Provença depois da morte de Jesus em companhia de suas irmãs e de outras pessoas. Ele também teria sido o primeiro bispo de Marselha. Na Idade Média tornou-se o padroeiro dos leprosos pela associação errada feita com seu homônimo narrado na parábola mencionada Lucas - na parábola do Lázaro e do Rico.

Fonte:http://pt.wikipedia.org/wiki/


Nenhum comentário: