quinta-feira, 22 de julho de 2010

IURD VAI CONSTRUIR REPLICA DO TEMPLO DE SALOMÃO COM PEDRAS TRAZIDAS DE ISRAEL


A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) vai construir réplica do templo de Salomão no Brás, bairro localizado na zona leste da capital paulista, que terá 55 metros de altura, o equivalente a um prédio de 18 andares, e 70 mil metros quadrados de área construída, maior do que um campo oficial de futebol.

O prédio está orçado em 200 milhões de reais (cerca de 114 milhões de dólares) e deverá estar concluído em quatro anos.

Além do templo, com capacidade para dez mil pessoas sentadas, o edifício abrigará estúdio de rádio e de televisão, locais para 36 escolas bíblicas, estacionamento para 1 mil carros. Ele será construído com material reciclável de alta tecnologia, permitindo a reutilização da água e do calor.

“Nós queremos que as pessoas tenham um lugar bonito para buscar a Deus e também a oportunidade de tocar nessas pedras e fazer orações nelas”, comentou o bispo Edir Macedo, líder e fundador da IURD. Ele acredita que a visitação ao templo não se limitará somente aos fieis da IURD, mas será um ponto turístico e cultural, que atrairá pessoas de todo o mundo.

Em entrevista para o site Arca Universal, Macedo disse que a IURD constroi catedrais para devolver às pessoas os benefícios do dízimo e ofertas, “mas, sobretudo, para lhes dar visão da vontade de Deus para suas vidas. Jesus veio para trazer vida e vida em abundância. As catedrais provam isso”, destacou.

A IURD completou 33 anos de fundação, no dia 9 de julho, o que motivou a entrevista à Arca Universal.

Macedo disse que a igreja que dirige cresceu espiritualmente “por conta das lutas enfrentadas.” A maturidade, comparou, depende dos desertos enfrentados. Quanto maior o número de desertos, maior o grau de maturidade”.

Ele queixou-se do preconceito e resistência, no Brasil, ao trabalho realizado pela IURD. “Não é fácil enfrentar o preconceito por parte daqueles a quem queremos ajudar”, afirmou, lembrando que também Jesus e os apóstolos enfrentaram preconceitos.

O bispo declarou que a IURD não é “um clube que está em busca de membros”, mas reúne pregadores das Boas Novas do Evangelho. Pelo poder da Bíblia, a igreja tem libertado escravos de todo vício. “Assim sendo, ela promove reintegração social, muito além do que qualquer outra instituição social. E o melhor, sem receber qualquer ajuda governamental”, frisou.

Quanto às metas futuras da IURD, Macedo respondeu que aguarda “inspiração e orientação divina” para defini-las.

Em Portugal, Eleutério Cortes, 42 anos, que se declarou ex-seguidor da Universal, destruiu, no domingo, 13, parte do templo da denominação na cidade de Faro, a 300 km ao sul de Lisboa, dirigindo uma retroescavadeira emprestada de amigo.

O site da Universal portuguesa informou que Eleutério destruiu as portas da frente do templo, o saguão de entrada, cadeiras, paredes e parte do teto.

Cortes informou que freqüentava a igreja desde 2004 e que doou 100 mil euros (cerca de 222 mil reais) à instituição. A IURD nega qualquer vínculo do agressor com a denominação.

Fonte: ALC / Gospel+
Via: Guia-me


Um comentário:

Toth disse...

Protestantes: deveriam construir sinagogas

Os protestantes deviam começar a construir sinagogas, andar de Quipá nas ruas e estudar o Talmud ao invés da Bíblia e abandonar de vez o Cristo. Seria mais sincero e honesto.

http://www.midiasemmascara.org/artigos/religiao/11394-amor-nao-correspondido-evangelicos-e-judeus.html
.
(...)"Os evangélicos são dramaticamente mais simpáticos a Israel do que os quase seis milhões de judeus americanos que, de acordo com a Pesquisa Populacional Judaica Nacional, se identificam como judeus reformados e/ou seculares, muitos dos quais são hostis, tanto a Israel quanto ao Judaísmo de base bíblica."

http://sembrunoleandro.blogspot.com/2010/07/iurd-vai-construir-replica-do-templo-de.html

A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) vai construir réplica do templo de Salomão no Brás, bairro localizado na zona leste da capital paulista, que terá 55 metros de altura, o equivalente a um prédio de 18 andares, e 70 mil metros quadrados de área construída, maior do que um campo oficial de futebol.

O prédio está orçado em 200 milhões de reais (cerca de 114 milhões de dólares) e deverá estar concluído em quatro anos.

http://resumododia.com/bispo-edir-macedo-a-caminho-do-nobel-da-paz.html
.
A Frente Parlamentar Brasil-Israel da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro anunciou que indicará o nome do bispo Edir Macedo para o Prêmio Nobel da Paz, publicou a Folha Universal.
A iniciativa é apoiada pela organização não-governamental (ONG) Amisrael, o Mensageiro da Paz, que atua em mais de 16 países, promovendo a harmonia entre os povos.