sexta-feira, 15 de abril de 2011

A SUPERIORIDADE DE CRISTO


Hebreus 1


A Epístola aos Hebreus nos mostra sete pontos cristológicos logo nos seus primeiros três versículos do capítulo primeiro: Herdeiro de todas as coisas (v2); Pelo qual também fez o universo (v2); Ele, que é resplendor da glória (v3); Expressão exata do seu Ser (v3); Sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder (v3); Purificação dos pecados (v3) e assentou-se à direita da Majestade, nas alturas (v3).

Herdeiro de Todas as coisas - Para enfatizar a infinita superioridade do Filho de Deus sobre os profetas o autor primeiro o apresenta como herdeiro de todas as coisas. Isso quer dizer que o universo inteiro lhe pertence por ordenação divina, e logo reinará sobre ele.

Pelo qual também fez o universo – Foi por meio dele que Deus fez o universo. Jesus Cristo foi agente ativo na criação. Ele trouxe a existência os astros, a terra, os homens e o plano divino nos tempos. Tudo o que foi criado, seja espiritual, seja material, foi feito por ele.

Ele, que é resplendor da glória – Ele é o resplendor da glória de Deus, ou seja, todas as perfeições encontradas em Deus Pai são também encontardas nele. Todas as glórias morais e espirituais de Deus são vistas nele.

Expressão exata do seu Ser – O Senhor Jesus Cristo é a expressão exta da essência de Deus. é evidente que essa expressão se refer a imagem, mais não a imagem física pois Deus é, em essência , Espírito. Significa que Cristo representa exatamente o Pai em toda forma concebível. Não seria possível nenhuma semelhança mais próxima. O Filho, sendo Deus, revela ao homem, por suas palavras e ações, exatamente como Deus é.

Sustentando todas as coisas pela palvra de seu poder – Ele sustenta o universo pela palavra de seu poder. No príncípio, ele falou, e os mundos foram criados (Hb 11:3). Ele ainda fala, e sua poderosa palavra sustenta a vida, as substâncias e mantém o universo em ordem. È por ele que todas as coisas subsistem (Cl. 1:17).

Purificação de pecados – A glória seguinte do nosso Salvador é a mais surpreendente de todas: depois de ter feito a purificação dos nossos pecados. O criador e sustentador tornou-se aquele que leva sobre si os pecados. Para criar o universo ele teve apenas de falar. Para mantê-lo e guia-lo, ele precisa apenas falar, pois nenhum problema moral está envolvido. Mas para aniquilar nossos pecados uma vez por todoas, teve de morrer na Cruz do Calvário.

Assentou-se à direita da Majestade, nas alturas – A entronização do filho á direita de Deus nas alturas, prometida no Sl 110.1 revela a sua superioridade de duas maneiras: á direita da Majestade Cristo ministra no santuário verdadeiro e celestial, não numa cópia terrena. E a segunda é que Cristo assentou-se à direita porque ele morreu uma única vez para todo sempre.

Além dessesete pontos Cristológicos a Epístola aos Hebreus no mostra também que Cristo é superior aos anjos, pois acerca de Cristo Deuis fala: tu és meu Filho hoje eu te gerei. Mais não diz isso aos anjos, pelo contrário Deus diz que os anjos o adorem. Nenhum anjo assentou-se à direita da Majestade pois esse lugar foi apenas reservado para Cristo o Filho Unigênito de Deus. Isso mostra a superioridade de Cristo sobre todos os ajos.


Paz e Bem
Sem. Bruno Leandro

Nenhum comentário: